Catálogo de produtos

Acesse aqui o catálogo online da DHB e confira nossos produtos.

Perguntas / Respostas

Como fabricante original de sistemas de direção, a DHB disponibiliza abaixo uma série de informações sobre produtos e serviços.

Quando devo revisar o Sistema de Direção Hidráulico? [+]

Revisão a cada 40.000km

A revisão no sistema de direção hidráulico deve ser realizada a cada 40.000km ou 1 ano e meio.

Siga os seguintes passos:

1. Retire o óleo e faça a limpeza do sistema hidráulico;
2. Verifique folga e desgaste em terminais e axiais de direção e pivôs de suspensão;
3. Realize o abastecimento com novo óleo hidráulico;
4. Verifique, com o veículo em funcionamento, vazamentos em mangueiras, conexões e reservatório;

Qual a maneira correta de se armazenar peças automotivas? (Parte 1) [+]

Para se utilizar peças automotivas são necessárias várias etapas:

* Desenvolvimento do projeto;
* Escolha de matéria prima;
* Confecção dos componentes;
* Montagem;
* Correta embalagem do produto;
* Total controle de qualidade em todos os níveis do processo;
* Embarque para os distribuidores;

A partir do momento que o produto sai da linha de montagem da fabricante e é enviada para seus clientes, faz-se necessário um cuidado especial.

Com a finalidade de ajudar na maior vida útil de suas peças automotivas, a DHB preparou algumas dicas sobre cuidados para uma correta armazenagem dos produtos DHB.

Qual a maneira correta de se armazenar peças automotivas? (Parte 2) [+]

No caso de Mecanismos

* Manter os batoques de vedação nos locais, com isso evita-se a entrada de contaminantes (água, poeira, etc...), e um comprometimento prematuro do componente;
* Manter os protetores dos terminais, evitando assim que as roscas se danifiquem antes da montagem ou que se cause dano às vedações de borracha;
* Manter os terminais dentro das embalagens plásticas a fim de evitar a sua oxidação durante a armazenagem;
* Atentar ao local de armazenagem para que este produto não fique exposto à intempérie.

Qual a maneira correta de se armazenar peças automotivas? (Parte 3) [+]

No caso de Bombas

* Manter os batoques de vedação nos locais, com isso evita-se a entrada de contaminantes (água, poeira, etc...), e um comprometimento prematuro do componente;
* Manter a bomba dentro da embalagem plástica a fim de evitar a sua oxidação durante a armazenagem;
* Atentar ao local de armazenagem para que este produto não fique exposto a intempéries.

Qual a maneira correta de se armazenar peças automotivas? (Parte 4) [+]

No caso de Axiais, Terminais e Pivôs

* Mantenha-os dentro das embalagens plásticas a fim de evitar a oxidação durante a armazenagem;
* Atentar ao local de armazenagem para que este produto não fique exposto à intempérie.

Qual a maneira correta de se armazenar peças automotivas? (Parte 5) [+]

No caso de Reparos

* Mantenha-os dentro das embalagens plásticas a fim de evitar a oxidação durante a armazenagem.
* Atentar ao local de armazenagem para que este produto não fique exposto à intempérie.

Como devo proceder quando o carro está com dificuldade de controle e de andar em linha reta, “passarinhando”, no jargão popular? [+]

Confira o que pode estar causando esse problema no seu carro e como se deve proceder para solucinar a questão.

Caso o carro esteja com dificuldade de controle e de andar em linha reta, esteja "passarinhando", confira o que pode estar causando esse problema no seu carro e como se deve proceder para solucinar a questão:

* Problema: mangueiras obstruídas - Solução: deve-se fazer uma limpeza no sistema ou substituí-las.

* Problema: pneus danificados ou com calibragem incorreta - Solução: faça a calibragem ou substitua os pneus, se necessário.

* Problema: terminal de direção danificado - Solução: inspecione folgas ou desgastes nos terminais e substitua se necessário.

* Problema: fixação do mecanisno de direção irregular - Solução: necessária a correção da fixação.

* Problema: articulação axial com desgaste e folga - Solução: substitua a articulação e guarda-pó.

* Problema: suspensão avariada (fixação, amortecedores e bandejas) - Solução: revise o sistema de suspensão do veículo.

* Problema: geometria - Solução: revisão da geometria do carro.

* Problema: vazão baixa na bomba - Solução: faça a reparação ou substitua a mesma.

* Problema: folga no mancal de ajuste da cremalheira do mecanismo de direção - Solução: faça regulagem do mecanismo.

O que fazer quando o carro apresenta falta de retornabilidade nas curvas? [+]

Um dos motivos que mais preocupam os motoristas é quando o sistema de direção apresenta falta de retornabilidade, ou seja, quando o veículo, após a conversão (curva), não retorna o volante para a posição central como deveria.

- Causa: folga ou excesso de ajuste no mecanismo (mancal muito apertado) – Solução: ajustar o mecanismo conferindo o torque no eixo de entrada.

- Causa: a carcaça e/ou a cremalheira está danificada – Solução: substituir o mecanismo de direção.

- Causa: a coluna de direção está desalinhada – Solução: realizar alinhamento da coluna de direção.

- Causa: pneus danificados ou calibragem incorreta – Solução: inspecionar os pneus e a calibragem.

- Causa: os terminais de direção (ponteiras) estão danificados – Solução: inspecionar folgas de desgaste nos terminais e substituir, caso necessário.

- Causa: a fixação do mecanismo de direção está irregular – Solução: inspecionar os coxins ou trincas na fixação do mecanismo.

- Causa: suspensão avariada (fixação, amortecedores e bandejas) – Solução: consultar serviço especializado de suspensão.

- Causa: a geometria da direção está fora do especificado – Solução: realizar geometria da direção.

Quais são as possíveis causas para a direção ficar ""pesada"" quando movimentada para os lados? [+]

Um dos problemas que podem ocorrer no funcionamento do sistema de direção hidráulica é quando o volante torna-se “pesado”, sendo necessário esforço para girá-lo tanto para um lado quanto para o outro. Separamos algumas dicas que podem ajudá-lo a solucionar a questão.

Causa: a mangueira não é original. Solução: substituir a mangueira de pressão.

Causa: ocorre o patinamento da correia. Solução: inspecionar a polia e substituir a correia, tensionando-a corretamente.

Causa: o esticador automático está danificado. Solução: inspecionar o tensionador e substituí-lo, junto com a correia.

Causa: o nível de óleo está abaixo do especificado. Solução: inspecionar pontos de vazamento antes de completar.

Causa: há um vazamento interno no mecanismo de direção. Solução: substituir o mecanismo de direção.

Causa: há falta de assistência na bomba hidráulica. Solução: substituir a bomba hidráulica.

Causa: as mangueiras estão obstruídas. Solução: limpar o sistema e substituir a mangueira.

Causa: há folga ou excesso de ajuste no mecanismo. Solução: ajustar o mecanismo conferindo torque no eixo de entrada.

Causa: a carcaça e/ou a cremalheira está danificada. Solução: substituir o mecanismo de direção.

Causa: a coluna de direção está desalinhada. Solução: realizar o alinhamento da coluna de direção.

Causa: os pneus estão danificados ou com a calibragem incorreta. Solução: inspecionar os pneus e a calibragem.

Causa: os terminais de direção (ponteiras) estão danificados. Solução: inspecionar as folgas e desgastes nos terminais e substituir, caso necessário.

Causa: a fixação do mecanismo de direção está irregular. Solução: inspecionar os coxins ou trincas na fixação do mecanismo.

Causa: a suspensão está avariada (fixação, amortecedores, bandejas, etc.). Solução:levar o veículo para um serviço especializado de suspensão.

Causa: a geometria de direção está fora da especificada. Solução:realizar a geometria de direção.

O que fazer quando surgir ruídos hidráulicos no sistema de direção hidráulica? [+]

Confira as possíveis causas e soluções para o surgimento de ruídos hidráulicos no sistema de direção.

- Causa: mangueira danificada por envelhecimento e excesso de calor – Solução: substituir a mangueira.
- Causa: mangueira de pressão não original – Solução: substituir a mangueira de pressão.
- Causa: reservatório danificado – Solução: substituir o reservatório.
- Causa: mangueira de alimentação com diâmetro fora do especificado – Solução: substituir a mangueira.
- Causa: nível de óleo abaixo do especificado – Solução: inspecione pontos de vazamento antes de completar.
- Causa: excesso de óleo no reservatório – Solução: corrija o nível conforme indicado no reservatório.
- Causa: vazamento interno do mecanismo de direção – Solução: substituir o mecanismo de direção.
- Causa: mangueiras obstruídas – Solução: limpe o sistema e se necessário substitua asmangueiras.

Qual a maneira correta de armazenar as bombas DHB em seu estoque? [+]

Armazenamento de bombas da DHB

É necessário armazenar as bombas numa única área designada, livre de elementos estranhos como a poeira, a sujeira e outras peças danificadas.
Tais medidas buscam prevenir quanto à contaminação das peças e o posterior uso de peças danificadas nos veículos.
É preciso também armazená-las com o eixo na posição horizontal, para garantir a lubrificação da bucha.
É indispensável fazer a manutenção do FIFO em seu estoque, ou seja, o primeiro produto a entrar deve ser o primeiro a sair.

O que se deve evitar?

- Carregar as bombas pelo tubo de sucção, polia, adaptador de polia ou eixo. Também é proibido derrubar as bombas sobre mesas/bancas de pré-montagem, observando sempre durante o manuseio a integridade do reservatório (quando aplicável).
O manuseio incorreto das peças pode causar falhas na bomba, como vazamentos ou condições de não funcionamento.
- Bater no eixo da bomba durante o manuseio, pois isso pode causar danos internos e resultar em futuras falhas na peça.
- Empilhar diretamente as peças umas sobre as outras, pois tal ação pode danificar o acabamento da peça e também resultar em queda da mesma ao chão.
- Armazenar as bombas sem os batoques de transporte, pois eles previnem a contaminação dentro das bombas, que podem resultar em falha da bomba ou do sistema.

Seguindo o procedimento de armazenagem correto, você estará contribuindo para a prestação de um serviço de qualidade, e garantindo a conservação dos produtos da DHB.

Quais problemas podem surgir no veículo devido ao excesso de folga no volante? [+]

Um dos problemas que podem ocorrer no funcionamento do sistema de direção hidráulica é o surgimento de excesso de folga no volante. Você percebe, ao virar a direção, que ela está inoperante em um pequeno espaço, pois os pneus não acompanham o movimento do volante, tornando o carro instável. O que pode ter acontecido? Separamos algumas dicas que podem ajudá-lo a solucionar o problema.

Causa: os terminais de direção (ponteiras) estão danificados.

Solução: inspecionar folgas ou desgastes nos terminais e substituir, caso seja necessário.

Causa: a barra de direção está com desgaste e folgas.

Solução: substituir as barras e guarda-pó com torque especificado e locctite.

Causa: a suspensão está avariada (fixação, amortecedores, bandejas, etc.).

Solução: levar o veículo para o serviço especializado de suspensão.

Causa: a fixação da coluna de direção no mecanismo de direção está instável.

Solução: inspecionar o conjunto do acoplamento e apertar com torque especificado.

DHB Componentes Automotivos - Avenida das Indústrias, 864 . Bairro Anchieta - 90200-290 . Porto Alegre - RS - Brasil - Fone +55 51 2121 1244 . Fax +55 51 2121 1334

© DHB - Por Aldeia - Agência de Internet